Anuncie aqui 1

Kimi wa Kanata - Não Desista da Vida

Por Fernando Ribeiro em 16/06/2022 às 10:39:14
Kimi Wa Kanata
©Digital Network Animation / Kimi Wa Kanata

Mais uma semana chega e com ela vamos para mais uma review de filme. Dessa vez o escolhido foi um recente lançamento: Kimi wa Kanata (Over the Sky) que está disponível na HBO Max. Com pouco mais de uma hora e meia de duração, o filme do diretor Sena Yoshinobu e do estúdio Digital Network Animation foi lançado no final de 2020 e promete mesmo nos levar ao céu.

Sinopse:

A história acontece no distrito de Ikebukuro, em Tóquio, e gira em torno de dois amigos de infância chamados Mio e Shin. Mio tem sentimentos por Shin e está sempre pensando nele, mas nunca foi capaz de lhe dizer como ela se sente. Um dia, eles discutem sobre algo trivial e, pouco tempo depois, Mio decide fazer as pazes com ele. Enquanto ela se dirige para Shin encharcada pela chuva, ela sofre um acidente de trânsito. Quando Mio recupera a consciência, ela encontra-se num mundo novo e desconhecido.

E assim começa um filme de romance que não é de se jogar fora, isso pois essa animação envolve o amor com algo que vai além do mundo físico. Os protagonistas aqui estão dispostos a, literalmente, ultrapassar os mundos para chegar ao seu destino verdadeiro.

Aqui o amor adolescente é tratado de uma maneira bem mais profunda, com uma garota precisando enfrentar seus medos e um garoto que está sempre ao lado dela, ajudando-a e fortalecendo-a, mas que pode socorrê-la de uma maneira bem intrigante. Aqui acontece tudo muito rápido, o que torna-se um grande defeito para a história, mas não atrapalha seu entendimento do que está acontecendo ali. Até mesmo um enredo bem resumido conseguiu abordar questões profundas sem se perder tanto.

A grande questão tratada em quase toda a história é o fato da Mio nunca conseguir enfrentar seus medos, por isso ela está sempre desistindo de tudo que tenta. Aquele que serve de âncora para ela, desde pequena, foi o Arata e é para ele que ela deseja tanto voltar, mas sem conseguir se lembrar o porquê. Assim, as emoções ali expressadas eram tão intensas que você sentia a dor dela de não conseguir uma última chance para mudar sua vida de verdade.

Kimi Wa Kanata
©Digital Network Animation / Kimi Wa Kanata

Algo que pude perceber dentro da trama é que justo esse medo e essa desistência da vida que a impedem de conseguir se lembrar do que tanto queria falar para o Arata. Ela sempre fugiu e sua mente bloqueou esse sentimento de uma maneira tão forte que permanece com ela, mesmo com a Mio tentando buscar suas memórias para fugir do outro mundo.

Apesar de alguns defeitos de desenvolvimento (que poderiam ser solucionados se o filme se estendesse um pouco mais), a história ainda te emociona com a luta interna de uma garota que está à beira da morte e a busca de seu amigo por aquela que tanto ama. Mas essa constante abdicação e a dúvida de que pode dar tudo de si, de que pode mudar e saber enfrentar seu destino a seguram o tempo todo.

Kimi wa Kanata é um filme gostoso de assistir, porque enquanto vemos a Mio tentar voltar para o mundo dos vivos, também acompanhamos o Arata desesperado por uma forma de buscá-la onde quer que esteja, tudo envolvendo o psiquismo e conceitos além da realidade.

Kimi Wa Kanata
©Digital Network Animation / Kimi Wa Kanata

Não quero dar spoilers do que acontece, mas posso dizer que as revelações que vão surgindo confundem um pouco e o que tentam explicar perto do final não adianta muita coisa, assim continuamos confusos. Porém, são coisas que você consegue até relevar, por conta da narrativa que te puxa para acompanhar tudo o que acontece de olhos bem atentos.

Claro que, por ser um filme de romance como outros, ele se baseia muito em mexer com nossas emoções, por isso todo o design envolvente, a história repleta de tensão e o romance oculto que nos faz torcer muito pelos protagonistas.

O design de animação é até muito bom em grande parte do filme e apesar dele se desviar um pouco em certas partes, deixando alguns momentos com aspecto estranho, tudo ainda se mantém muito emocionante e lindo de se ver. O belo design com a busca de um casal pelo amor um do outro é o que aquece nossos corações e te mantém atento a todo momento.

Kimi Wa Kanata
©Digital Network Animation / Kimi Wa Kanata

Assim, resumindo toda a trama de Kimi wa Kanata, o que vemos é a jornada de Mio para se aceitar e parar de desistir de tudo que ela acha que não dará certo. Ela precisou quase morrer para conseguir alcançar essa mudança, enfrentando seus medos, e, finalmente, conseguindo reunir toda a força de vontade de seu ser para conseguir se declarar ao seu grande amigo.

A lição que fica é que não devemos esperar que situações drásticas aconteçam para que façamos algo sobre a nossa vida. Ela com a experiência extracorpórea teve que encarar de frente cada medo e toda a vida que ela deixaria para trás, sofrendo com as memórias de algo que ela nunca mais conseguiria ter. As memórias que a salvaram do esquecimento e que fizeram com que ela entendesse todos os seus erros, além de enxergar de verdade aquele que sempre esteve ao seu lado e nunca desistiu dela. Ela só precisaria nunca desistir do amor e lembrar daquilo que guardou por tanto tempo.

Kimi Wa Kanata
©Digital Network Animation / Kimi Wa Kanata

Então é isso, fica aqui mais um review de um filme para acompanhar. Não esqueçam de comentar suas impressões e trazer outras ideias diferentes para que possamos falar mais de obras tão belas.

Comunicar erro
Anuncie aqui 2

Comentários

Anuncie aqui 3