Anuncie aqui 1

PRIMEIRAS IMPRESSÕES: AO ASHI

Por Fernando Ribeiro em 10/04/2022 às 23:45:20
Ao Ashi
© Ao Ashi

Ficha Técnica – Ao Ashi

Gênero: Esporte, Drama
Estúdio: Production IG
Diretor: Akira Satou
Origem: Mangá
Data de estreia: 9 de abril de 2022

O Anime:

Qual o sonho da muitos dos adolescentes no Brasil e no mundo? se você perguntar a 10 deles sobre qual o seus sonhos, entre 3 a 4 responderiam que é ser um jogador de futebol, segundo uma pesquisa divulgada pelo site do IBGE em 2017, cerca de 100 milhões de adolescentes de até 15 anos de idade no mundo todo, sonham com esta profissão. Para o protagonista deste anime também é um sonho, Aoi Ashito um estudante do terceiro ano do ensino médio de uma pequena cidade, detalhe segundo a mesma pesquisa citada anteriormente, a grande maioria dos adolescentes que sonham em se tornar jogadores, são de cidades pequenas.

Aoi Ashito, é muito determinado e nada modesto, é o tipo de jogador que chamamos de “fominha”, aquele que pega a bola e não larga mais, e o interessante é que na apresentação dele o time até gosta de jogar com ele, mas ele acaba se envolvendo em uma briga e o time perde, foi então que acontece uma série de eventos e nosso protagonista acaba conhecendo Tatsuya Fukuda, um treinador da “J Youth League”, Fukuda se interessa pelo jovem e acaba fazendo uns pequenos testes, e percebendo que é muito difícil de treiná-lo por que ele não gosta de ouvir táticas de jogo. Mas Ashito tem um potencial tão incrível que ele é convidado pelo técnico Fukuda para participar dos testes de sua equipe em Tóquio, o grande problema é a mãe do garoto que tem uma certa aversão as coisas que ele faz, mas ainda assim ele vai tentar seguir os seus sonhos.

O episódio de estreia é muito bom, seguindo o seu gênero é claro, ele nos apresenta os principais personagens de forma sútil mostrando toda a trama que vai ser desenvolvida de modo bem claro, tanto que dá para saber se você vai gostar ou não do enredo do anime logo neste primeiro episódio.

Você assiste e logo se envolve com a trama, e acaba sorrindo por que muitos times que são da UEFA Champions League são referenciados, jogadores importantes da história também, entre eles, um dos nossos jogadores favoritos do início dos anos 2000 aqui no Brasil, Ronaldo Fenômeno, sim o protagonista acaba se comparando a ele como um jogador matador e goleador, dentro de várias outras referências que só torna a obra mais agradável de se assistir.

Ao Ashi
© Ao Ashi

A Staff:

Kobayashi começou a publicar o mangá na revista Big Comic Spirits da editora Shogakukan em janeiro de 2015. Em abril de 2020, o trabalho tinha mais de 4,5 milhões de cópias em circulação. O mangá foi nomeado para o décimo prêmio Manga Taisho em 2017 e ficou em quarto lugar. Em 2020, junto com Kaguya-sama: Love is War, o mangá ganhou a 65ª edição do Prêmio Shogakukan Manga na categoria Geral.

Akira Satou (Release the Spyce, Deadman Wonderland) está dirigindo o anime na Production I.G. Masahiro Yokotani (Bakumatsu, Free!, Hataraku Maou-sama!, Re: Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu) é responsável por escrever e supervisionar os scripts. Manabu Nakatake, Toshiw Kawamura, Asuka Yamaguchi e Saki Hasegawa são responsáveis ??pelo design dos personagens, enquanto Naho Kiyoike, Yukiko Watanabe, Miho Taidoji e Eisuke Shirai são responsáveis ??pelo subdesenho. Masaru Yokoyama (A3! Season Autumn & Winter, Choujigen Game Neptune The Animation, Shigatsu wa Kimi no Uso) é o responsável pela composição da trilha sonora.

Ao Ashi
© Ao Ashi

Sinopse:

Ashito Aoi, um estudante do terceiro ano do ensino médio de Ehime, conhece Tatsuya Fukuda, um técnico da “J Youth League”. Apesar de ainda ser difícil, Ashito tem um potencial tão incrível que o técnico Fukuda o convida para participar da seletiva de seu time em Tóquio. A história do menino que vai revolucionar o futebol no Japão começa a se desenrolar.

© Ao Ashi
© Ao Ashi

Expectativas:

Confesso que eu tenho uma expectativa baixa sobre o anime, por já ter assistido bastante séries e animes de esporte, dá para saber todas as dificuldades e problemas que vão perseguir nosso protagonista durante os episódios, mesmo sem conhecer o mangá. Mas vale a pena assistir e ver como Aoi irá passar por cima de todas estas dificuldades, vale lembrar que o tema principal do anime é o futebol.

A animação e a movimentação dos jogadores e as jogadas é bem fluida, dá para torcer bastante durante as partidas que acontecem sem exageros, digo sem chutes mega poderosos, e sem super efeitos, quem assistiu o clássico Super Campeões (Captain Tsubasa) vai lembrar muito bem do que eu estou falando.

Sendo assim, este anime na minha opinião entra na lista de animes esportes e com história cotidiana, que podemos tranquilamente assistir com a família e se ganhasse dublagem, tenho certeza que até seus pais e pessoas mais velhas adorariam assistir.

Nota: 4.0/5.0

Comunicar erro
Anuncie aqui 2

Comentários

Anuncie aqui 3